Latest News - Headlines

O Pai Natal

O Pai Natal

A 23 dias do Natal, as crianças já tremeluzem sobre as prendas, sim as prendas porque uma é muitíssimo pouco … 


Pois é, sabem o que querem, com antecedência, a quem pedir e onde encontra-las.
Porventura ainda haverá algumas que se acicatam em escrever ao Pai Natal a contar, que se portaram bem durante o Ano todo e que seria a criança mais feliz do mundo se Ele lhe desse a (s) tão desejada (s) prenda (s).
Esperam ansiosamente pelo 25 de Dezembro e conseguem fazer desse dia o mais curto do Ano, em que consiste apenas, o abrir as prendas. De facto 25 de Dezembro é o Dia mais pequeno do Ano. Nesse Dia, ocorre, isto é por volta desse data, o solstício de Dezembro.

o solstício de inverno
Nesse Dia, conta a lenda, os romanos aproveitaram uma importante festa pagã realizada por volta do dia 25 de Dezembro e "cristianizaram" a data, comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez no ano 354. 

A tal festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti ("nascimento do sol invencível"), era uma homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma. 

As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano. No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa - ele costuma ser próximo de 22 de Dezembro, mas pode cair até no dia 25.


O Pai Natal

A lenda do Pai Natal, surgiu Segundo a história do São Nicolau ou Santa Claus (deriva do Santus Nicolaus), foi ou terá sido bispo de Mira, em Dembre, na actual Turquia. Nasceu em Lycia, no sudoeste da Ásia Menor, entre o século III e IV. 


Nicolau fez viagens para o Egipto e Palestina onde se tornou bispo. Porém também não se sabe ao certo quando foi a sua morte, acredita-se que terá sido no ano 342.

Nessa época era uma pessoa muito respeitada e por todos os cristãos.
Foi sepultado durante o século VI num santuário e no local surgiu uma nascente de água.
No século XI, em 1087, os restos mortais e relíquias de Nicolau foram transladados para Bari na Itália e então passou a ser conhecido como São Nicolau de Bari.

Como é costume nestes casos o local passou a ser um centro de peregrinação e a ele a associação de muitos milagres relacionados com a oferta de presentes. Rapidamente se tornou um símbolo e relacionado ao nascimento de Jesus Cristo, pois tal como ele a seu princípio era o de dar sem pedir nada em troca.

Ficou também como um dos santos mais populares da história da cristandade, sendo o protector não só dos mais pequenos, como de marinheiros, escravos, pobres e presos, isto porque São Nicolau esteve preso no reinado de Diocleciano, durante a perseguição aos cristãos, ficando encarcerado por muito tempo. 

Mas mais tarde Constantino, O Grande ordenou a libertação de vários presos religiosos entre os quais se encontrava Nicolau.

O Pai Natal e a coca cola

A actual imagem do Pai Natal foi inventada pela empresa Coca-Cola nos anos 30. 


Parece que ao procurar uma forma de aumentar as vendas dos seus produtos durante o Inverno, contactaram então um conhecido ilustrador publicitário da época, de nome Haddon Sundblom, que criou uma série de desenhos que recriavam e renovavam a antiga e frágil imagem de Saint Claus, transformando-o numa versão mais alegre e colorida, vestido de traje de cor vermelha com orlas brancas de peluche e segurando uma Coca-Cola na mão.

A mensagem do Pai Natal que consome refrigerante ainda hoje perdura em alguns países. Sendo que quase toda a gente o conhece com esta actual imagem.

Feliz Natal...

| www.noenigma.com | All rights reserved - Copyright © 2010 - 2017

Theme images by richcano. Powered by Blogger.