CREP - A41 Porto

A A41 - CREP - Circular Regional Exterior do Porto é a auto-estrada que circunda a região do Grande Porto, contribuindo para descongestionar a Via de Cintura Interna e facilitando as ligações entre o sul e o leste da região.

Desde 1 de Abril de 2011 encontram-se em serviço todos os troços desta auto-estrada, que se pode dividir em dois troços principais:

- um a norte do Porto, entre Matosinhos e Ermida, com uma extensão de 23 km, integrado na Concessão Rodoviária do Grande Porto, atribuída à Ascendi. Este troço foi originalmente construído no formato SCUT, aproveitando e alargando em grande parte o troço do antigo IC 24 que ligava Matosinhos a Alfena. No entanto, no dia 15 de Outubro de 2010, este troço da A41 foi um dos que deixou o regime sem custos para o utilizador, passando a ser taxado através de portagem electrónica, concretizando um primeiro passo das aspirações do Governo português no sentido de eliminar completamente o anterior formato. Neste troço existem 7 pórticos de portagem em cada sentido;

- outro a sul e a leste do Porto, entre Alfena e Espinho, com uma extensão de 38 km, concessionado à AEDL (Auto-estradas do Douro Litoral). Os 33 km que ligam Ermida ao Picoto foram os últimos a ser inaugurados, e são também taxados através de portagem (ainda que no caso se continue a utilizar o modelo de portagens fisícas). Os restantes 5 km fazem a ligação a Espinho e são gratuitos, estando construídos desde 2002.

Mas segundo a notícia divulgada, pelo Jn, quem passar pelo novo troço da A41, entre o Picoto (Feira) e a Ermida (Valongo), corre o risco de pensar que a estrada continua fechada. Pouco mais de duas semanas após a abertura ao tráfego, a adesão dos condutores anda longe das expectativas.

noEnigma

News of Science and Technology-Actualités en Science et en Technologie-Noticias em Ciência e Tecnologia-Noticias de la Ciencia y la Tecnología.

0 comentários: