Latest News - Headlines

A ignição a Laser

Durante mais de 150 anos, as velas de ignição têm alimentado, electricamente os motores de combustão interna.


A Industria Automóvel, está agora, a um passo, de ser capaz de substituir esta tecnologia de longa data através de velas de ignição a laser, o que permitirá que os veículos sejam mais limpos, mais eficientes e mais económicos.


No passado, o tamanho era um inconveniente para a tecnologia laser, era grande demais para caber sob o capô de um automóvel. Na Conferência deste ano sobre Lasers e Electro Optics (CLEO: 2011), realizada em Baltimore ( EUA ), e que decorreu nos dias 1 a 6 maio, os pesquisadores do Japão revelaram o primeiro sistema laser multifeixe, de um tamanho da cabeça de um parafuso, suficiente pequeno,  para  o cilindro de um motor.

O novo sistema de laser é feito de cerâmica, e pode ser produzido de forma barata e  grandes volumes de acordo com um dos autores da apresentação, Takunori Taira do Instituto Nacional do Japão de Ciências Naturais. Segundo Takunori Taira, as velas de ignição convencionais representam uma barreira para melhorar a economia de combustível e reduzir as emissões de óxidos de azoto (NOx).

As velas de ignição a laser podem concentrar os seus feixes directamente no centro da mistura. Sem têmpera, a frente da chama expande-se mais simetricamente e até três vezes mais rápido do que os produzidos por velas de ignição convencionais. Igualmente importante, os lasers difundem a sua energia dentro do cilindro, em nano-segundos, em comparação com os milissegundos, para as velas de ignição convencionais.

| www.noenigma.com | All rights reserved - Copyright © 2010 - 2017

Theme images by richcano. Powered by Blogger.