Latest News - Headlines

Cenário oficial do desastre do Voo AF 447

Voo AF 447

Cenário oficial


O Gabinete de Investigação e de Análises(BEA), divulgou nesta sexta-feira um cenário do acidente, do voo AF447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico a Nordeste do Brasil, a 1 de junho de 2009, com 228 ​​pessoas a bordo.

Segundo os investigadores, a tripulação tinha identificado uma área de turbulência às 2h08m, por medida de precaução, o piloto modificou ligeiramente a sua rota, para a esquerda, em 12 graus.

Mesmo assim, o resultado não foi suficiente para se desviar da zona de risco. Às 2h10m, a avaria das sondas pitot, segundo o BEA a causa da avaria das sondas foi a acumulação de gelo, condicionou a uma leitura errada da velocidade do avião por mais de 45 segundos, levando à desconexão do piloto automático e da auto-propulsão.
Durante esse periodo de tempo, das 2h10m até 2h11m, o piloto recupera os comandos do avião e nesse lapso de tempo, a aeronave, entra em modo "degradado"  atingindo uma altitude de 37500 pés ( a altitude de cruzeiro era de 33000 pés e o modo degradado significa que em caso de erro do piloto, ele não pode corrigi-la ).

O aumento brusco da altitude fez accionar o alarme STALL indicando uma queda livre da aeronave, que durou 3m30s até ao momento do impacto no oceano às 2h14m28s. Segundo as informações da caixa negra, o piloto tentou corrigir a falha até ao momento do impacto.

Fonte : Le Figaro
Aconselha-se a Leitura de : Acidente da Air France: a secção da cauda encontrada no fundo do Atlântico

| www.noenigma.com | All rights reserved - Copyright © 2010 - 2017

Theme images by richcano. Powered by Blogger.